Atualizações Android

É muito comum ouvir pessoas ou ler artigos falando sobre atualizações e versões, um assunto muito importante no mundo do Android. Firmware, ROM, Atualização OTA… soa muito complexo, não é? Não se preocupe, pois basta continuar lendo esta página, e nós vamos ajudá-lo a entender.


O que é uma atualização?

Por causa de problemas, incompatibilidade ou apenas para oferecer uma aparência melhor, os desenvolvedores fazem alterações constantes em seu software, aprimorando-o ou resolvendo problemas.

Depois de lançar novas versões, um dispositivo talvez precise ser atualizado para receber os benefícios e melhorias decorrentes.

Existem alguns tipos de atualizações e, obviamente, cada uma tem uma forma diferente de ser feita.

Algumas são automáticas; outras precisam de um software adicional, ou talvez exijam instalação manual… de qualquer forma, escrevemos uma breve explicação sobre elas para dar uma ideia. Aí vai!



Tipos de atualizações do Android

Como atualizar seu telefone ou tablet Android





PESQUISAR ATUALIZAÇÕES PARA SEU ANDROID

Seleciona dispositivo



      DOWNLOAD "ATUALIZE CELULAR" app no seu ANDROID"



      Que tipos de atualizações existem?

      OTA / FOTA

      Você já recebeu uma mensagem falando sobre versões ou atualizações na tela de seu tablet ou smartphone? Espero que tenha aceitado a mensagem porque isso é chamado de Atualização OTA (“Over The Air”, ou “Pelo Ar”)
      Uma atualização OTA não precisa ser solicitada. Quando a atualização do desenvolvedor está pronta, ela é liberada com um número de versão; se seu aparelho tem a mesma versão ou uma superior, a atualização simplesmente aparece na tela. Quando a atualização OTA afeta não só o software, mas também o firmware, ela é chamada de Atualização FOTA (“Firmware Over The Air”, ou “Firmware pelo Ar”) Não é preciso mencionar que esse procedimento não apaga nenhum tipo de dado, como fotos, vídeos, contatos...

      Não OTA

      Mas as atualizações OTA nem sempre estão disponíveis, na maioria dos casos, por causa da perda de dados que carrega ou da necessidade de um computador, visto que o dispositivo deve ser desligado. Se essa é a sua situação, você pode escolher uma opção mais fácil: esperar até que sua operadora telefônica resolva o problema (ativando a versão OTA, por exemplo), ou baixar a atualização em seu computador e fazer a instalação por conta própria, usando um programa de apoio e conectando o computador e o dispositivo com um cabo USB, muitas vezes fornecido com ele. Nem todas as atualizações não OTA exigem um programa de apoio.

      ROMs

      Por fim, se você tiver feito root de seu dispositivo, tarefa que você pode realizar graças à nossa seção , você talvez tenha uma ROM personalizada instalada também. Partimos do princípio de que você já tem alguma experiência no mundo do Android, caso contrário, não assumimos nenhuma responsabilidade
      ROMs são modificações feitas por usuários no sistema operacional Android, e, mesmo quando não é ilegal, a instalação de ROMs personalizadas o fará perder os serviços OTA oficiais (bem... não exatamente, por usar o método OTA, o aparelho "simplesmente" deixará de funcionar). Para resolver isso, você pode baixar e instalar a atualização manualmente a partir de alguns sites como na atualização não OTA. Alguns sites também oferecem serviços ou software que ajudam a fazer isso mais rápido.

      Como posso atualizar meu dispositivo?

      OTA / FOTA

      Se você vai atualizar via OTA, a opção aparecerá automaticamente quando uma nova versão estiver disponível. Depois de aceitar (você deve fazer isso), um download vai iniciar a instalação, reconfigurar o dispositivo e deixá-lo pronto para usar. Você também pode procurar uma atualização OTA manualmente em "configurações => sobre => atualizações do sistema" ou algo assim.
      Certifique-se de ter uma conexão wi-fi e bateria suficiente antes de fazer a atualização, caso contrário, você terá uma atualização semi-instalada que inutilizará seu dispositivo.
      Como nem todos os dispositivos podem ter uma conexão contínua à internet, alguns fabricantes dão a opção de fazer o download em seu computador e conectar o dispositivo para fazer a instalação usando o PC.

      Não OTA

      Algumas atualizações não OTA só precisam ser baixadas e instaladas em seu dispositivo, e elas iniciam um assistente. Além disso, se você tiver assumido os riscos de uma atualização não OTA sem assistente de instalação, terá de encontrar o software de apoio que permita instalar a atualização em primeiro lugar. Ele é fornecido no site oficial de seu fabricante; felizmente, nós temos um lugar onde você pode procurá-lo facilmente. Depois de conseguir o instalador de apoio e a atualização, conecte o dispositivo ao computador com um cabo USB e execute o instalador. Seguindo os passos, você deverá conseguir atualizar o Android com sucesso, MAS ATENÇÃO! Embora seja fácil de usar, você pode estragar tudo se não prestar atenção. Se alguma coisa deixá-lo na dúvida ou se você tiver problemas para entender a interface ou as instruções, não fique mexendo em coisas aleatórias que não sabe o que é.

      ROMs

      No que diz respeito às ROMs preparadas, atualizar via OTA só vai inutilizar o ​​dispositivo. O caminho é baixar a atualização a partir do site onde você a encontrou e instalá-la por conta própria como na atualização não OTA, o que pode ser uma tarefa irritante e desconfortável. Mas a diligente comunidade Android desenvolveu um 'Centro de Atualização OTA'. É um aplicativo que permite que desenvolvedores de ROMs personalizadas façam upload de suas criações no mesmo aplicativo; assim, você receberá uma atualização automaticamente, como se fosse uma atualização OTA oficial. Não é preciso instalar; se o desenvolvedor de sua ROM usa o Centro de Atualização OTA, o software dele o trará instalado por padrão, se não, você pode fazer o download, verificando primeiro se ele é compatível com sua ROM.
      Uma alternativa para aqueles que não podem usá-lo é o ROM Manager, mas o ROM Manager simplesmente baixa a ROM atualizada completa em vez de apenas os arquivos necessários. Para o ROM Manager, deve-se dizer que ele também é usado para fazer outras coisas, como recuperar instalações, fazer backups, realizar limpezas e uma infinidade de possibilidades.